sexta-feira, fevereiro 10

Carlos de Oliveira - Elegia em chamas

"Arde no lar o fogo antigo
do amor irreparável
e de súbito surge-me o teu rosto
entre chamas e pranto, vulnerável:

Como se os sonhos outra vez morressem
no lume da lembrança
e fosse dos teus olhos sem esperança
que as minhas lágrimas corressem."

2 comentários:

  1. http://www.facebook.com/photo.php?fbid=382888585089054&set=a.382786995099213.91159.264167150294532&type=3&permPage=1 mete gosto sfv e ajuda-me a ganhar!:)

    ResponderEliminar
  2. http://www.facebook.com/photo.php?fbid=386985698012676&set=a.386984771346102.92125.264167150294532&type=3&theater
    Passei à segunda fase, e desta vez ajuda-me a ganhar. Mete gosto e divulga por favor! muito obrigada:)

    ResponderEliminar